Procurar no site


ESPECTACULAR PARTICIPAÇÃO DOS GINASTAS DO ACROTRAMP CLUBE DAS CALDAS NO CAMPEONATO NACIONAL DE DUPLO MINI-TRAMPOLIM E TUMBLING

14-07-2016 21:04

ESPECTACULAR PARTICIPAÇÃO DOS GINASTAS DO ACROTRAMP CLUBE DAS CALDAS NO CAMPEONATO NACIONAL DE DUPLO MINI-TRAMPOLIM  E TUMBLING

 

Manuel Oliveira (Seniores) em Tumbling é campeão nacional individual

Nazar Stashko (Seniores) e Miguel Faria (Juniores) emTumbling, são vice-campeões nacionais individualmente

 Manuel Oliveira, Iúri Lage, Nazar Stashko e Pavlo Stratovych são campeões nacionais por equipas em tumbling (Seniores)

Pavlo Stratovych (Seniores) em tumbling, classifica-se em 3º lugar individualmente

 

Decorreu no passado sábado (dia 23 de Abril), o Campeonato Nacional de Duplo Mini-Trampolim e Tumbling, no pavilhão Municipal Rainha D.ª Leonor, reunindo cerca de 500 ginastas, em representação de 50 Clubes de todo o País.

O Pavilhão esteve das 8.30 horas às 20.30 horas, sempre com lotação esgotada. Cremos que se trata de uma assistência “recorde”, só comparável aos espectáculos realizados pelo Acrotramp Clube das Caldas, quando da realização dos seus Festivais Internacionais de Ginástica.

 Foi uma grande competição para os ginastas do Acrotramp Clube das Caldas, pois conquistaram um primeiro lugar individualmente, um primeiro lugar por equipas, dois segundos lugares individualmente, um terceiro lugar individual e dois quartos classificados.

 As primeiras a entrar em competição (sábado de manhã) foram as ginastas da categoria de iniciados em Tumbling, numa prova com 29 participantes. O Acrotramp esteve representado nesta categoria com a Francisca Coutinho. Foi a primeira competição nacional desta ginasta e teve um bom desempenho, realizando as suas séries sem qualquer falha.

No mesmo período de competição estiveram em prova e noutro aparelho (Duplo Mini-Trampolim) três ginastas do A.C.C., duas Juvenis, Sofia Vala e Marta Santos e a Júnior, Mariana Romão.

 Sofia Vala e Marta Santos realizaram duas boas séries com alto nível técnico, executando correctamente e colocando muita dificuldade (duplo mortal engrupado com meia pirueta). Estiveram muito seguras e determinadas, cumprindo tudo o que estava programado. Atendendo às grandes potencialidades destas ginastas, acreditamos que num futuro próximo, irão com toda a certeza alcançar patamares mais elevados nesta disciplina.

Mariana Romão (Juniores), esteve ao seu melhor nível, executando também duas séries de nível superior. Na segunda série realiza um duplo mortal com meia pirueta com muita segurança e com uma recepção espectacular. Classifica-se em 4º lugar a apenas 0,2 décimas da 3ª classificada !!

Ainda da parte da manhã, participou em tumbling na categoria de Juvenis o ginasta Henrique Nascimento, que esteve muito bem realizando pela primeira vez em competição dois duplos mortais, um na posição engrupada e outro na posição encarpada. Executou com muita “garra” e determinação e classificou-se em 4º lugar a escassos décimos da terceira posição.

Na parte da tarde, estiveram em competição as ginastas Margarida Henriques, Carolina Santos, Madalena Martins, Joana Rocha e Francisca Coutinho na categoria de Iniciados, em Duplo Mini-Trampolim. Com excepção da jovem ginasta Margarida Henriques, tratou-se do “baptismo” numa competição nacional das restantes quatro ginastas. Estiveram impecáveis cumprindo muito bem as séries que estavam programadas executando correctamente e sem falhas. Estamos convictos que no futuro estas jovens ginastas irão alcançar melhores resultados, pois estão no bom caminho e tem as condições necessárias para a evolução que se deseja.

Mágui Lage em duplo Mini-Trampolim na categoria de Seniores, esteve muito bem e executou as suas séries com dificuldade elevada (duplos mortais com pirueta nas posições engrupada e encarpada) com muita consistência e correcção. Outra ginasta do clube a ficar a 0,2 décimos do pódio. Fez a sua despedida no clube pois possivelmente ingressará no ensino superior na próxima época.

Na disciplina de Tumbling, Miguel Faria na categoria de Juniores (bicampeão nacional em 2013 e 2014) esteve infeliz logo na 1ª série, não conseguindo segurar a recepção de um duplo mortal encarpado (pisando a zona azul da recepção). Executou  bem a 2ª série e desta forma, conseguiu garantir um lugar no pódio, sagrando-se vice-campeão nacional a 0,6 décimos do 1º lugar.

Ainda da parte da tarde e a finalizar a participação dos ginastas caldenses o melhor ainda estava para acontecer, pois competiram na prova de tumbling em Seniores, a equipa constituída por, Manuel Oliveira, Nazar Stashko, Pavlo Stratovych e Iúri Lage que se sagraram campeões nacionais por equipas, colocando os seus ginastas nas 4 primeiras posições.

Manuel Oliveira sagrou-se campeão nacional individual e por equipas, com duas séries de bom nível, acabando sempre com dificuldade superior (duplo mortal engrupado e duplo mortal empranchado). Este ginasta já foi campeão nacional (2013) e vice-campeão nacional em 2014 e 2015. O Manuel com bastante experiência, é muito seguro na realização dos movimentos gímnicos e transmite muita confiança para os restantes elementos da equipa.

Nazar Stashko, sagrou-se vice-campeão nacional individual e campeão nacional por equipas, com duas boas séries. Executou na primeira série um duplo mortal engrupado com muita determinação e segurança e realizou uma segunda série com menos dificuldade mas com muita correcção. Fez a sua despedida em competição em “grande” pois termina este ano o ensino secundário e possivelmente não estará nas Caldas da Rainha no próximo ano.

 Pavlo Stratovych, alcança o pódio na 3ª posição e sagra-se campeão nacional por equipas. É um ginasta com bastante técnica que executa muito correctamente mas ainda não “coloca” elementos de grande dificuldade, fundamentais neste escalão. Temos a certeza que no futuro e com a execução de duplos mortais finais, alcançará outros resultados nesta disciplina.

Iúri Lage foi 4º classificado individualmente e sagrou-se campeão nacional por equipas com duas séries de bom nível e boa execução. Este ginasta que já foi vice-campeão nacional individual e várias vezes campeão nacional por equipas, fez possivelmente a sua despedida em provas nacionais porque ingressará no ensino superior no próximo ano lectivo.

Na contabilidade final, cinco idas ao pódio, quatro individualmente e uma por equipas, numa competição com muito cansaço e desgaste, que parecia não terminar.

Uma palavra de conforto e desejo de rápida recuperação para o “nosso” campeão Henrique Lino. Este ano não teve a possibilidade de tentar renovar o seu título nacional porque infelizmente sofreu um acidente de mota, três dias antes da competição.

Tendo em conta a forma como o Clube encara a competição, atendendo aos meios materiais e horas disponibilizadas, estamos orgulhosos do nosso percurso.

Embora seja do desconhecimento da maioria dos acompanhantes desta modalidade e do trajecto deste clube que iniciou a sua prática em 1991, o Acrotramp Clube das Caldas manteve-se sempre no topo da ginástica nacional, na área dos trampolins conquistando em 25 anos, títulos nacionais e marcas internacionais de relevo.

“Lutou” muitas vezes contra tudo e todos, acreditando na prática da actividade física, na formação desportiva e desenvolvimento da ginástica nesta cidade, prestigiando e dignificando o seu nome por todo o País.

Um agradecimento enorme para todos os que ajudaram na organização deste Campeonato Nacional. Alguns familiares e ginastas que não participaram na prova, foram inexcedíveis, ajudando no bar, na montagem e desmontagem do material, no controle das entradas, etc., contribuindo todos para o sucesso deste evento desportivo.

Parabéns aos ginastas pela sua excelente prestação, aos treinadores (Professor Stélio Lage e Professora Margarida Alexandra Lage) pela sua competência e dedicação e aos dirigentes pelo trabalho realizado durante a época.